A44 Vacinação/medicação preventiva

(SOF Arquivada) Na administração de vacinas subcutâneas é necessário aspirar para prevenir injeção endovenosa?

SOF Atualizada: https://aps-repo.bvs.br/aps/na-administracao-de-vacinas-subcutaneas-e-necessario-aspirar-para-prevenir-injecao-endovenosa-2/ Segundo o Manual do Ministério da Saúde, ao administrar a vacina via subcutânea, a orientação é aspirar e observar se não atingiu […]

Quais orientações sobre vacinação o ACS pode fornecer para a comunidade?

As vacinas permitem a prevenção, o controle, a eliminação e a erradicação das doenças imunopreveníveis, assim como a redução da morbimortalidade por certos agravos, sendo […]

Quais condutas para imunização de adulto sem cicatriz vacinal de BCG, sem registro de vacinação prévia e que não é contato intradomiciliar de tuberculose ou hanseníase?

A vacina BCG somente protege contra as formas mais graves de tuberculose que acometem a criança. Para quem não tomou a vacina e já é […]

Quais as mudanças ocorridas no calendário de vacinação?

O Ministério da Saúde anunciou  a introdução de duas novas vacinas para crianças a partir do segundo semestre do ano de 2012. O Calendário Básico […]

Qual é o método correto para descartar imunobiológicos vencidos?

Alguns imunobiológicos são compostos por micro-organismos vivos atenuados (vacinas contra sarampo, poliomielite, febre amarela, tuberculose, etc.) e, por isso, constituem materiais biológicos infectantes que devem […]

Que intervenções podem reduzir a dor durante e após aplicações injetáveis – medicamentos e vacinas?

As vacinas estão entre os produtos de maior segurança de uso. Entretanto, é possível que ocorram reações até mesmo graves, com a sua utilização. No […]

Devo vacinar uma gestante que foi mordida por um cachorro?

Quando necessário, a vacina contra raiva (a do tipo Fuenzalida-Palacios ou qualquer outra) e o soro anti-rábico (ou a imunoglobulina humana anti-rábica) devem ser administrados […]

Qual diferença entre as vacinas antitetânicas adulto e infantil?

A diferença entre as duas vacinas está na concentração de toxóide. A vacina dupla do tipo infantil (DT) contém a mesma concentração de toxóide diftérico […]

A vacina da Rubéola interfere nos métodos anticoncepcionais?

Não há relato de que a vacina da rubéola interfira nos métodos anticoncepcionais. Mas é importante lembrar que a vacina não deve ser administrada em […]

Quais são as orientações para gestantes sobre a vacina da rubéola?

As gestantes que foram vacinas inadvertidamente em sua unidade devem ser tranquilizadas e devem seguir realizando o pré-natal normalmente porque a vacina não tem efeitos […]

É necessário encaminhar gestante que realizou vacina contra rubéola para serviço secundário?

Não. As gestantes não devem ser encaminhadas a um centro de referência. Elas devem ser acompanhadas normalmente na unidade porque a vacina não tem efeitos […]

Como podemos acompanhar e orientar as gestantes vacinadas inadvertidamente na Campanha de vacinação contra a Rubéola 2008?

<!–[endif]–>

Há benefício em se vacinar adultos que não foram imunizados pela BCG?

Segundo o Manual de Vacinação do Ministério da Saúde de nosso país a vacina BCG tem duas indicações: 1- crianças até 5 anos (devem ser […]

Qual deve ser o esquema de imunização para pacientes esplenectomizados?

Segundo dados do Manual dos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais, do Ministério da Saúde, a indicação para pacientes esplenectomizados deve seguir as seguintes orientações: […]

Indivíduos que receberam a vacina da rubéola podem doar sangue? Se não, por quanto tempo e por quê?

De acordo com informe do Ministério da Saúde (MS) do ano de 2008, a ANVISA/MS alerta que indivíduos que foram vacinados para rubéola não podem […]