(Arquivada) Quais as orientações ao usuário com diagnóstico de COVID-19 e com alta hospitalar?

| 28 julho 2020 | ID: sofs-43398
Solicitante:
CIAP2:
DeCS/MeSH: , ,

SOF atualizada em 25/09/2020 de acordo com as novas instruções do Ministério da Saúde.

Disponível em: https://aps.bvs.br/aps/quais-as-orientacoes-ao-usuario-com-diagnostico-de-covid-19-e-com-alta-hospitalar-2/?preview_id=43515&preview_nonce=0aee641249&_thumbnail_id=-1&preview=true

O usuário e família devem ser orientados a observarem o reaparecimento de sinais e sintomas, pois indicam retorno imediato do paciente ao serviço de saúde que realizou o atendimento. A piora tardia do quadro clínico e sinais de alerta de complicação podem ser: o reaparecimento de taquicardia, recidiva de febre, elevação ou recrudescência de febre ou sinais respiratórios,dor pleurítica, fadiga e piora do estado geral ou dos sintomas(1). Observar se o paciente compareceu nas consultas agendadas após a alta hospitalar e se foi completada 14 dias de isolamento a partir dos sinais e sintomas apresentados.(1,2)


Bibliografia Selecionada:

  1. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Especializada à Saúde. Departamento de Atenção Hospitalar, Domiciliar e de Urgência. Protocolo de manejo clínico da Covid-19 na Atenção Especializada. – 1. ed. rev. – Brasília: Ministério da Saúde, 2020:50p. Disponível em: https://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2020/April/14/Protocolo-de-Manejo-Cl–nico-para-o-Covid-19.pdf
  1. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS). Recomendações para adequação das ações dos Agentes Comunitários de Saúde frente à atual situação epidemiológica referente ao Covid-19, Versão 2, Brasília-DF. março de 2020. Disponível em: http://docs.bvsalud.org/biblioref/2020/04/1095405/20200403_recomendacoes_acs_covid19_ver002_final_b.pdf